Skip links

Toxina Botulínica

Compartilha

Toxina Botulínica: Da prevenção até o toque final nos tratamentos anti aging.

Com o passar dos tempos a expectativa de vida da população vem aumentando, e com ela a preocupação com o envelhecimento cutâneo. Muitos fatores externos atuam nesse processo de envelhecimento como, por exemplo, a exposição solar, tabagismo, má alimentação, o stress, insônia, desidratação, a ingestão de açúcar entre outros tantos fatores.  Todos eles fazem com que o processo de envelhecimento natural seja acelerado.

Outra coisa que incomoda demais as mulheres são as famosas rugas de expressão ou rugas dinâmicas, que são resultado da mímica facial, ou seja, quando nos expressamos elas aparecem. Costumam surgir principalmente no canto dos olhos e entre as sobrancelhas, e nos dão um aspecto de cansaço ou até mesmo a falsa impressão de que estamos bravos.

Conforme o tempo vai passando, de tanto repetirmos os mesmos movimentos faciais, essas rugas que apareciam somente quando nos expressávamos passam a ser constantes na nossa face, formando vincos, que muitas vezes surgem precocemente, principalmente nas pessoas mais expressivas.

Para evitar isso, as pessoas jovens também buscam os tratamentos de rejuvenescimento facial como um caráter preventivo, fazendo uso das mais recentes tecnologias e dos melhores cosméticos disponíveis no mercado. E desta maneira conseguem prevenir e retardar o processo de envelhecimento cutâneo, obtendo sim um envelhecimento natural e harmônico.

Um excelente recurso para prevenção de rugas profundas é o uso da toxina botulínica tipo A, popularmente conhecida como Botox®, que na verdade é uma marca de toxina. O botox é a cereja do bolo no tratamento estético, e pode sim, ser usado por mulheres jovens, com menos de 30 anos que inclusive estão cada vez mais adeptas ao procedimento.

A toxina botulínica age inibindo a liberação de acetilcolina no momento da contração muscular, dessa forma o músculo relaxa e as ruguinhas não aparecem, uma vez que a cliente não vai conseguir movimentar esse músculo que foi relaxado. O interessante da aplicação antes dos 30 anos é que a cliente acaba conseguindo prevenir que as indesejadas rugas apareçam precocemente, principalmente nos casos de pessoas muito comunicativas que costumam “falar com o rosto”.

O uso constante dessa toxina acaba, de certa forma, “educando” os músculos faciais para que eles não contraiam no momento em que nos comunicamos. Esse procedimento pode ser feito a cada seis meses com total segurança, uma vez que a ação da toxina dura em média quatro meses. Dessa forma a cliente ficará com uma expressão bem natural, e o mais importante, sem rugas antes do tempo!

Sempre é importante procurar um profissional qualificado e realizar uma avaliação, na busca de resultados naturais.  E não se esqueça o uso da toxina botulínica não substituí os tratamentos estéticos que você já está acostumada a fazer, afinal de contas sua pele precisa de muitos cuidados especiais, como hidratação, fotoproteção, prevenção de manchas, estímulo de colágeno….mas isso já é assunto para os próximos capítulos.

Aproveite a famosa dica: prevenir é melhor do que remediar!

Paula Gonçalves

Biomédica Esteta

Junte-se à discussão

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, podemos te ajudar?
Clique no botão abaixo para iniciar uma conversa comigo no Whatsapp!
Powered by