Skip links

Você sabe para que serve e como funciona uma autoclave?

Compartilha

A autoclavagem é um recurso térmico muito utilizado por profissionais da área da saúde e da estética para esterilização de materiais. Mas como se dá o funcionamento desse equipamento? Você sabe utilizá-lo de maneira correta?

Confira como utilizar esse equipamento de maneira segura e eficaz e entenda como a autoclave funciona.

No meio estético é comum a utilização de curetas, peelings diamantados e outras ferramentas que muitas vezes entram em contato com sangue e fluidos corporais que podem ser fatores de risco  para disseminação de doenças. Por isso, esses materiais devem ser sempre esterelizados após serem utilizados para minimizar a chance de infecções.

Para garantir que o processo de esterilização seja feito de forma adequada é preciso lavar, secar e embalar  todos os materiais contaminados. Após todos esses passos, utilizamos autoclave para dar sequência ao processo de esterilização. A autoclave trabalha  com altas temperaturas e pressão  durante um período de tempo suficiente para destruir todos os agentes patogênicos.

A pressão proporciona ao vapor uma temperatura mais alta que a convencional ao nível do mar que é de 100C. De acordo com a pressão oferecida a temperatura varia. A temperatura dos ciclos  das autoclaves podem variar entre 121C até 134oC.

 

O processo de autoclavagem funciona em 5 etapas.  A primeira fase é a de aquecimento e desaeração. Nesse momento, antes da ebulição da água, todo calor gerado no interior da câmara tem a importante finalidade de expulsar o ar frio. Devemos tirá-lo ao máximo, porque o ar frio é um excelente isolante térmico. A desaeração acontece em conjunto com o aquecimento do ar que sobre por convecção enquanto o ar frio  desce e é expulso saindo pela válvula. Esse processo é muito importante para evitar a formação de bolsas de ar frio que impedem que o vapor entre em contato com os instrumentos dentro dos pacotes, ocasionando falhas na esterilização.Os sensores de temperatura e pressão em conjunto com o sistema eletrônico e mecânico da autoclave atuam para que esses parâmetros estejam de acordo com o ciclo selecionado. Quando a temperatura e a pressão estabilizam  a segunda fase que é a de esterilização inicia automaticamente.

A fase de esterilização consiste em  manter a temperatura e pressão ideais para eliminar microorganismos e agentes patógenos durante o tempo pré-determinado para cada ciclo. Após a conclusão desse processo inicia-se a despressurização do equipamento que é a liberação rápida do vapor até que  a pressão interna do aparelho se iguale com a do ambiente.

Após essas etapas, o aparelho começa a quarta fase que consiste na secagem dos instrumentos e para finalizar, há o resfriamento da câmara da autoclave. Para garantir que o processo seja bem sucedido, os materiais  devem ser retirados de dentro da autoclave frios pois assim evita-se a condensação do vapor residual que  sai pelo pacote.

Sabemos que todos os procedimentos na área estética devem ser realizados com o máximo de segurança . Por esse motivo, o processo de autoclavagem é muito importante para a manutenção da saúde e do bem estar dos clientes  que buscam tratamentos estéticos.

 

 

 

 

 

 

Junte-se à discussão

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, podemos te ajudar?
Clique no botão abaixo para iniciar uma conversa comigo no Whatsapp!
Powered by